home not�cias an�lise quem � quem ABTV

acesse aqui a versão padrão

Balanço | 20/07/2021
Venda de pneus tem queda pelo 3º mês consecutivo
O setor de pneus registrou em junho resultado negativo pelo terceiro mês consecutivo, com retração de 4,5% na comparação com maio, de acordo com o balanço de vendas mensal divulgado na terça-feira, 20, pela Anip, associação nacional das fabricantes de pneus. Foram comercializados 4,581 milhões de pneus no sexto mês do ano, contra 4,588 milhões de unidades no anterior. Já no acumulado, houve crescimento de 37,7% sobre o ano passado (28,249 milhões de pneus neste ano e 20,521 milhões em 2020), mas a entidade ressalta que o primeiro semestre do ano anterior foi fortemente impactado pela pandemia de Covid-19. Quando a comparação é feita com o número de 2019 (29,163 milhões), há queda de 3,1%.

“Os mercados ainda passam por certo descompasso, onde parte de nossos clientes sofre com a falta de oferta de insumos na sua produção, causando redução em nossas vendas”, declarou Klaus Curt Muller, presidente executivo da Anip. “No mesmo momento, temos clientes ainda repondo seus estoques. Já se avizinha um possível arrefecimento da demanda para o segundo semestre, consequência da equalização dos diversos mercados”, completou.

Publicidade



As entregas para montadoras apresentaram avanço de 59,4% em relação a junho de 2020, com 949,7 mil exemplares neste ano, frente aos 595,8 mil do ano passado. Também houve crescimento (20,9%) nas entregas para o mercado de reposição, com 3,430 milhões de pneus em junho deste ano contra 2,836 milhões no anterior.

Já a balança comercial segue com déficit, agora superior a US$ 33 milhões. Como referência, no primeiro semestre de 2020 o setor exibia superávit de mais de US$ 68,5 milhões. Em junho, as importações somaram mais de US$ 533 milhões, enquanto as exportações totalizaram pouco mais de US$ 500 milhões. Em unidades, o setor apresenta déficit superior a 15 milhões de pneus no primeiro semestre, já que foram importados 23,2 milhões de exemplares e exportados somente 7,3 milhões.

[ voltar ]