home not�cias an�lise quem � quem ABTV

acesse aqui a versão padrão

Lançamentos | 09/06/2021
Ford Maverick: o que a picape tem para enfrentar a Fiat Toro no Brasil
O sucesso da Fiat Toro desperta a cobiça de outras marcas no Brasil para aproveitar as vendas crescentes desse modelo num segmento ainda pouco povoado, o das picapes médio-grande, que fica entre as compactas VW Saveiro e Fiat Strada e as grandes Toyota Hilux e Chevrolet S10. É para abocanhar parte desse mercado que a Ford planeja lançar no Brasil no ano que vem a nova Maverick, como mostra abaixo a reportagem do site Primeira Marcha.

Publicidade



Ela acabou de ser apresentada oficialmente pela Ford nos Estados Unidos, resgatando um nome muito conhecido (que é o mesmo do saudoso esportivo dos anos 70), desta vez vestindo uma picape. Mas não é uma picape qualquer. A Maverick é a grande aposta da marca americana em um segmento quase inexistente nos Estados Unidos: o que é chamado por lá de picapes compactas. Por aqui, ela vai competir, além da Toro, também com a nova picape da GM feita sobre a plataforma de Onix e Tracker e os futuros rivais de Volkswagen e Hyundai.

Se muita gente compra carro pelo design, a Maverick tem tudo para fazer sucesso. É bem estilosa e parruda, como podemos ver no desenho da frente. O capô alto e longo remete ao Bronco Sport – e não é à toa. Afinal, picape e SUV compartilham a mesma plataforma.

A traseira tem estilo mais comedido e lembra bastante a F-150. Por dentro, a Maverick tem linhas mais simples e quadradas. Notam-se alguns elementos presentes no Bronco Sport, como painel digital e seletor de marchas.


No Brasil, a Maverick poderá ser vendida com motorização híbrida

A nova Ford Maverick será vendida nos Estados Unidos com duas motorizações. Todas as versões contam com o 2.5 híbrido, que entrega 164 cv e 21,4 kgfm, atuando com o motor elétrico de 128 cv e 23,9 kgfm. A potência combinada, segundo a Ford, é de 193 cv. A transmissão é do tipo CVT e a tração é dianteira. A promessa é que a picape seja bem econômica, com média de 17 km/l na cidade e autonomia estimada em 805 km.

Quem estiver em busca de mais potência pode optar pela motorização 2.0 turbo de 253 cv e torque máximo de 38,3 kgfm. O câmbio é automático de 8 marchas. Existe opção de tração integral.

A Toro também oferece duas opções de motor. O recém-lançado 1.3 turboflex entrega 185 cv com etanol e 180 cv se abastecida com gasolina. O torque máximo é de 27,9 kgfm independente do combustível. Já a transmissão é automática de seis velocidades. As versões mais caras trazem o bom 2.0 turbodiesel de 170 cv e torque máximo de 35,9 kgfm. É a única picape da categoria equipada com tração nas quatro rodas e o câmbio é automático de nove velocidades.

SETE AIRBAGS DE SÉRIE



A nova Ford Maverick será vendida nos EUA em três versões: XL, XLS e Lariat. A versão de entrada XL traz 7 airbags, central multimídia com tela tátil de oito polegadas e suporte a Android Auto e Apple CarPlay, faróis full LED, ar-condicionado analógico, rodas de aço de 17 polegadas, frenagem autônoma de emergência, câmera de ré, direção elétrica, iluminação diurna por LED, vidros e travas elétricas nas quatro portas, entre outros itens.

A Maverick XLS acrescenta rodas de liga leve de 17 polegadas, piloto automático, espelhos retrovisores com ajustes elétricos, porta-objetos integrados, conectores D-link e trava elétrica para a tampa da caçamba.

A versão mais completa é a Lariat, que agrega banco do motorista com ajustes elétricos, painel digital com tela de 6,5 polegadas, rodas de liga leve de 18 polegadas, ar-condicionado digital com duas zonas de temperatura, chave presencial, entre outros itens.


A versão Lariat deve ser que que virá ao Brasil, que inclui até a opção de vidros laterais aquecidos

A Maverick Lariat pode vir ainda com o pacote opcional Luxury Package. Ele oferece piloto automático adaptativo, sistema de som Bang & Olufsen com 8 alto-falantes e subwoofer, vidros laterais aquecidos, central multimídia Sync 3 com tela tátil de 8 polegadas, caçamba com iluminação em LED, carregador de smartphones por indução e estepe com roda de 17 polegadas.

Nos Estados Unidos, a Maverick será a picape de entrada da Ford. Tanto é que ela parte de US$ 19.995 (pouco mais de R$ 101 mil), menos até do que os US$ 20.395 pedidos pelo EcoSport.

Quanto à faixa de preço, podemos esperar algo acima da Toro, cuja versão de entrada Endurance fica abaixo de R$ 120 mil. Assim, não se espante se a Maverick custe entre R$ 130 mil e R$ 200 mil.

[ voltar ]