home not�cias an�lise quem � quem ABTV

acesse aqui a versão padrão

Sustentabilidade | 16/10/2020
Clarios poupa mais de 10 milhões de litros de água potável
A Clarios, fabricante das baterias do Brasil, também se destaca no aspecto ambiental, já que anunciou ter alcançado a expressiva marca de 10 milhões de litros de água economizados em seus processos produtivos no período de março a setembro deste ano.

O feito foi conseguido graças à estação de tratamento de águas pluviais instalada na fábrica da empresa, em Sorocaba, no interior de São Paulo. Operando desde o fim de fevereiro, a unidade tem capacidade para captar 2 milhões de litros de água da chuva por mês, que são direcionados para os sistemas de refrigeração das mesas de formação das baterias.

“Sabemos a importância de economizar água, já que vivemos um momento de forte estiagem; por isso implantamos esse projeto na fábrica para que conseguíssemos diminuir o uso de água potável, colocando em prática os nossos compromissos com o meio ambiente e com o consumo consciente”, afirmou Faustino Corrêa da Silva, coordenador de meio ambiente da Clarios, que explicou ainda que 30% da água usada nos sistemas de refrigeração foi obtida de modo sustentável.

LÍDER TAMBÉM EM RECICLAGEM



A Clarios também possui papel importante na reciclagem de baterias, já que é a maior recicladora de baterias de chumbo ácido do mundo. A empresa afirma possuir um programa que garante o reaproveitamento de 98% das baterias produzidas por ela em todo o mundo. No Brasil, a porcentagem chega a 100%, e apenas neste ano a fabricante destinou cerca de 51 milhões de toneladas de baterias para a reciclagem.

A empresa afirma ainda que as baterias produzidas por ela possuem um dos maiores índices de reutilização do mercado, pois até 99% dos materiais usados podem ser reciclados. O melhor é que a utilização do material reaproveitado ainda permite economizar até 90% de energia e evita a emissão de gases poluentes que seriam gerados nos processos de produção.

A Clarios também colaborou, junto com o Ministério do Meio Ambiente, na elaboração de um acordo de reciclagem responsável, assinado por 70% da cadeia de fornecimento de baterias automotivas do País (incluindo fabricantes, importadoras, distribuidoras e recicladoras). Esse acordo prevê que, neste ano, produtoras e importadoras devem reciclar 80% das baterias de automóveis vendidas, e essas porcentagens passam para 85% em 2021 e 90% em 2022.

[ voltar ]