home not�cias an�lise quem � quem ABTV

acesse aqui a versão padrão

Crédito | 07/02/2020
Financiamentos do Banco Volvo crescem 82% em 2019
Em linha com o bom desempenho do Grupo Volvo no Brasilem 2019, o braço financeiro da empresa, a Volvo Financial Services (VFS) apurou crescimento recorde de 82% no volume de financiamentos concedidos no País em comparação com o anterior. Por meio do Banco Volvo e Consórcio Volvo, a instituição viabilizou 40% das vendas da marca sueca no mercado brasileiro, incluindo caminhões (81% da carteira), ônibus (13%) e equipamentos de construção (6%).



“Tivemos resultados muito bons em nossos três ramos de atuação: financiamentos, consórcios e seguros. Ajudamos a impulsionar os negócios do Grupo Volvo em um ano de recuperação da economia, que deve continuar em 2020. O canal do crédito será de grande importância para apoiar o crescimento deste segmento”, disse Ruy Meirelles, presidente da VFS Brasil.



MAIS FINANCIAMENTOS PELO FINAME EM 2020



Com o resultado de 2019, a carteira de ativos da VFS no Brasil atingiu seu maior nível histórico e se consolidou na posição de segunda maior do mundo no grupo. Com o fim dos subsídios aos juros para financiar caminhões e ônibus por meio da linha Finame do BNDES, a instituição acompanhou a tendência de mercado e passou a fechar maior volume de financiamentos pelo CDC (Crédito Direto ao Consumidor), que atualmente tem taxas muito parecidas com as do Finame, em torno 10% ao ano.

Meirelles avalia que este ano as concessões de crédito via Finame devem aumentar, por causa de uma mudança no financiamento com Taxa Fixa do BNDES (TFB). Até o ano passado essa modalidade financiava até 80% do bem e só era concedida a pequenas e médias empresas, com faturamento de até R$ 300 milhões por ano. Agora essa regra mudou: é possível financiar 100% do bem com o Finame TFB e a linha foi aberta para empresas de qualquer tamanho. “Essa linha deve atrair mais clientes, porque a TFB é calculada com sistema de amortização que torna o total a ser pago no financiamento um pouco menor do que o cálculo de juro sobre juro do CDC”, explica o executivo.

CRESCIMENTO EM TODAS AS OPERAÇÕES



A venda de seguros para caminhões intermediada pela VFS também teve desempenho acima da média do mercado em 2019: cresceu 22% no ano passado. E o seguro para cargas que a VFS passou a vender registrou expansão de 50%.

A venda de cotas do Consórcio Volvo cresceu na mesma proporção: 22%, com R$ 1 bilhão em cartas de crédito comercializadas em 2019. Em 25 anos de atuação completados no ano passado, a operação de consórcios do grupo no Brasil somou R$ 6,7 bilhões em veículos da marca vendidos por esta modalidade. “Ainda é um instrumento de financiamento muito importantes, principalmente para frotistas menores”, afirma Meirelles.

[ voltar ]