home not�cias an�lise quem � quem ABTV

acesse aqui a versão padrão

Eventos | 31/01/2020
Salão de Frankfurt acabou, IAA será em outra cidade
Após 70 anos de exibições na imensidão dos pavilhões da Messe, o Salão de Frankfurt acabou. A próxima edição do IAA, como é chamado o evento na sigla em alemão, será realizado em outra cidade da Alemanha em 2021, segundo informou nesta semana a associação da indústria automotiva alemã, a VDA. Hamburgo, Berlim e Munique são as três cidades finalistas que concorrem com propostas para sediar o evento – também estavam no páreo Colônia, Stuttgart e Hannover (que já sedia o IAA de veículos comerciais).



A decisão de mudar a sede do IAA foi tomada após uma esvaziada edição do evento. Fabricantes tradicionais como GM, Toyota, Nissan, FCA (incluindo Fiat, Chrysler, Jeep, Dodge e Ram) e Grupo PSA (com Peugeot e Citroën) decidiram não montar estandes para suas marcas na Messe Frankfurt em setembro de 2019.

O IAA Frankfurt é mais uma vítima do êxodo de fabricantes de veículos que precisam investir dezenas de bilhões em novas tecnologias enquanto veem cair vendas, rentabilidade e as verbas para montar estandes monumentais nos grandes salões internacionais. Com isso, os imensos 12 pavilhões da Messe (alguns com três a quatro andares) ficaram grandes e caros demais para o salão alemão. Realizado de dois em dois anos, revezando com o Salão de Paris, o Salão de Frankfurt chegou a receber quase 1 milhão de visitantes em 2015 (931 mil), número que caiu para 810 mil em 2017 e foi reduzido a 550 mil pessoas no ano passado.

A ideia, portanto, parece ser fazer um evento mais compacto de agora em diante. Segundo a VDA, o próximo IAA será mais focado em mobilidade do que em veículos. É o mesmo discurso das demais feiras do gênero em todo o mundo – inclusive para o Salão de São Paulo deste ano.

Ainda que seja reduzido em tamanho, os organizadores lutam para que a feira alemã não perca sua relevância em mostrar os principais avanços e as tendências do setor automotivo global, como vem fazendo por quase um século. Em 2019, às vésperas da abertura do Salão de Frankfurt, Bernhard Mattes, presidente da VDA, adiantou essa visão: “O IAA é o mais importante evento para a mobilidade individual do futuro. O evento está evoluindo, assim como toda a indústria, de uma exibição para uma plataforma onde estão presentes a maioria dos participantes desse ecossistema, sejam eles fabricantes de veículos, companhias de tecnologia, fornecedores, empresas de serviços de mobilidade e startups”.
[ voltar ]