home not�cias an�lise quem � quem ABTV

acesse aqui a versão padrão

Tecnologia | 09/10/2019
Wings inclui gestão de frota no seu dispositivo de rastreamento VAI
De olho no aumento das vendas diretas de veículos a frotistas, que já correspondem a 45% do total de emplacamentos este ano, a Wings decidiu incluir uma ferramenta digital de gestão de frota no seu dispositivo de rastreamento VAI (sigla de Vehicle Artificial Intelligence), lançado há pouco mais de um ano após desenvolvimento em parceria com o centro privado de inovação Cesar e a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii). A partir de agora todos os usuários do aplicativo de conectividade automotiva terão acesso à nova funcionalidade a partir de uma atualização on-line.

“Desde o lançamento do VAI tivemos procura substancial de empresas interessadas em utilizar a tecnologia para controlar as suas frotas, com a expansão do dispositivo no mercado essa demanda foi aumentando. Por isso decidimos investir no desenvolvimento de funcionalidades para atender esse segmento e lançamos uma atualização que permite o controle de múltiplos veículos pelo aplicativo”, explica João Marcelo Barros, diretor da Wings.

Com a conexão via internet pelo VAI, o responsável pela frota tem acesso a tudo o que acontece com o veículo. Pode-se obter relatórios de uso, histórico de deslocamentos, otimizar rotas e conhecer hábitos de condução do motorista, para controlar e inibir possíveis elevações no consumo de combustível.

No princípio o serviço de gerenciamento de frota do VAI tem capacidade para monitorar até cinco veículos, mas ideia é expandir essa quantidade em breve e incluir novas funcionalidades e interfaces de acompanhamento para atender novos perfis de usuários. “Hoje o foco dessa aplicação é atender empresas com pequenas frotas e até famílias, mas em um próximo passo poderemos ampliar o serviço para grandes empresas”, afirma Barros.

Lançado em agosto do ano passado, o VAI nasceu com funções de monitoramento do funcionamento do veículo, que permite antecipar a necessidade de manutenções e programá-las antes que o problema se torne algo mais severo. Depois foram integradas aplicações de segurança, como cerca de deslocamento para delimitar áreas de circulação, limite de velocidade e estacionamento seguro (alerta ao proprietário em caso de tentativa de partida forçada). O sistema também atraiu a atenção de concessionárias, que estão oferecendo aos clientes a assinatura do dispositivo para receber informações e oferecer serviços – até o fim do ano a Wings espera conectar 250 revendas aos carros que negociam e 600 até 2020.
[ voltar ]