home not�cias an�lise quem � quem ABTV

acesse aqui a versão padrão

Mercado | 08/10/2019
Indústria de implementos conta com a Fenatran para atingir previsão de vendas em 2019
A indústria nacional de implementos rodoviários está contando com a Fenatran para atingir o volume de vendas previsto para o ano, quando espera emplacar 110 mil unidades, entre leves e pesados, conforme nova projeção divulgada no início de agosto após revisão dos números do mercado. Se confirmado, este número representará aumento de 20% sobre as vendas de 2018.

No acumulado do ano até setembro, o setor registra a venda de mais de 88,7 mil unidades, na soma de leves (carrocerias sobre chassis) e pesados (reboques e semirreboques). O volume representa crescimento de 39% na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com os dados divulgados pela entidade na terça-feira, 8.

Isso representa ainda uma média de quase 10 mil unidades vendidas por mês, em linha com a projeção da entidade.



- Faça aqui o download dos dados da Anfir
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência



A Fenatran, que será realizada na próxima semana, entre os dias 14 e 18, é a maior feira de transporte de carga na América Latina. Consolidada como um evento de negócios e não mais apenas como exibição de produtos, a feira representa uma oportunidade para todos os fabricantes de caminhões e consequentemente para os de implementos para fechar negócios.

Durante a mostra, a Anfir será representada por 46 empresas associadas, 25 a mais do que na edição anterior, em 2017.

“A presença dos principais fabricantes da indústria com a concentração dos maiores clientes do setor cria o ambiente propício a realização de negócios”, explica Norberto Fabris, presidente da Anfir. “Esperamos que a Fenatran ajude a concretizar nossa expectativa [para o ano]”, acrescenta.



A Anfir também vai aproveitar a Fenatran para realizar uma rodada internacional de negócios com importadores da Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, México, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai. A ação será feita em parceria com a Apex-Brasil, Agência Brasileira de Promoção de Exportações.

[ voltar ]