home not�cias an�lise quem � quem ABTV

acesse aqui a versão padrão

Balanço | 18/04/2019
Venda de pneus cai 2% no primeiro trimestre
A venda de pneus no País somou 14,6 milhões de unidades no primeiro trimestre, registrando queda de 2% na comparação com o mesmo período do ano passado. No acumulado do bimestre a retração era menor, apenas 0,4% pela comparação interanual. Os números foram divulgados pela Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (Anip).

Assim como já ocorria no acumulado até fevereiro, a queda no trimestre foi puxada pela venda de pneus de automóveis, que recuou 6,5% no período, com 7,9 milhões de unidades. Embora tenha aumentado o fornecimento às montadoras, o comportamento negativo do mercado de reposição teve influência negativa nas vendas totais.

O setor de caminhões e ônibus teve pequena queda de 0,7% no segmento de reposição, mas a forte alta nas entregas às montadoras resultou em um crescimento de 5,7% nas vendas totais de pneus de carga, que totalizaram 1,87 milhão de unidades.



O segmento de comerciais leves apresentou discreta alta de 0,6% no trimestre. A queda de 7,5% no fornecimento às montadoras foi compensada neste caso pelo mercado de reposição, que cresceu 6,9%. O setor movimentou 1,84 milhão de unidades.

No segmento de motos houve alta de 6,1%, com a venda de 2,46 milhões de pneus, mas vale dizer que para este segmento a Anip não divulga a venda às montadoras. Seria interessante que a associação revisse essa postura, até porque as fábricas de motos revisaram para cima suas projeções em virtude do aumento de 6,6% da produção no trimestre.

MERCADO EXTERNO AINDA SUPERAVITÁRIO


De janeiro a março o Brasil exportou US$ 269,8 milhões em pneus, ante US$ 219,4 milhões, resultando em superávit de US$ 50,4 milhões. Isso ocorreu pelo maior valor agregado dos pneus enviados ao exterior, já que em unidades o País comprou 1,75 milhão de itens a mais do que vendeu.

Veja abaixo os números divulgados pela Anip:





[ voltar ]