home not�cias an�lise quem � quem ABTV

acesse aqui a versão padrão

Indústria | 17/04/2019
Compra da Ford São Bernardo deve ser concluída em breve, diz Doria
O governador de São Paulo, João Doria, afirma que está próxima a solução para a fábrica que a Ford pretende fechar em São Bernardo do Campo (SP). “Dois candidatos a comprar a fábrica permanecem negociando e em breve vamos anunciar o comprador”, disse Doria na quarta-feira, 17, logo após o anúncio da Toyota feito no Palácio dos Bandeirantes sobre a fabricação em Indaiatuba (SP) do novo Corolla híbrido flex.

Em fevereiro a Ford comunicou o encerramento de sua operação industrial em São Bernardo e o governador afirmou que iria ajudar a encontrar um comprador para a fábrica. Logo depois informou que três empresas, uma nacional e duas estrangeiras, tinham demonstrado interesse. O Grupo Caoa foi o único a confirmar que tinha interesse na compra e estava em negociações – no caso, era o grupo brasileiro mencionado por Doria. Mais recentemente, o importador da Foton no Brasil informou que a fabricante chinesa de caminhões também estava interessada, o que foi negado na China.



Doria também deixou no ar que o provável comprador da fábrica negocia o uso do IncetivAuto – programa criado no início de março pelo governo de São Paulo de incentivo à indústria automotiva, que prevê descontos no ICMS que começam em 2,25% para investimento mínimo no Estado de R$ 1 bilhão e geração de pelo menos 400 empregos; o benefício sobre gradualmente até o abatimento máximo no imposto estadual de 25% para aportes superiores a R$ 10 bilhões, como anunciado pela GM no mês passado.

“O IncentivAuto já é uma iniciativa vitoriosa para empresas do setor que já têm operação em São Paulo. Graças ao programa já recuperamos duas indústrias no Estado, uma já anunciamos (a GM) e outra ainda vamos anunciar em breve”, disse o governador João Doria.



O governador acrescentou ainda que os dois candidatos restantes se comprometem a manter os cerca de 3 mil empregos na fábrica que a Ford pretende fechar até novembro próximo.

[ voltar ]