home not�cias an�lise quem � quem ABTV

acesse aqui a versão padrão

Indústria | 15/04/2019
Nissan de Resende chega aos cinco anos
O Complexo Industrial da Nissan em Resende (RJ) completou cinco anos de operação na segunda-feira, 15 de abril. Somente dentro do ano fiscal de 2018 (contado de 1º de abril de 2018 a 31 de março de 2019) foram 106 mil unidades, volume recorde de produção na unidade.

O bom resultado decorre principalmente do sucesso do Kicks, que começou a ser produzido na cidade do sul fluminense em janeiro de 2017. Em 2018 ele foi o quarto SUV mais vendido do segmento (com 46,8 mil unidades, apenas 1,1 mil a menos que o terceiro) e ocupa a terceira posição no primeiro trimestre de 2019 (12,5 mil carros, cerca de 500 a menos que o segundo).

Nestes cinco anos Resende produziu mais de 300 mil veículos Nissan. Os primeiros produtos fabricados na unidade foram o compacto March e o motor 1.6 16V flexfuel. Atualmente, a planta é responsável também pela produção do sedã Versa e do motor 1.0 flexfuel de três cilindros, além do Kicks.



A Nissan de Resende já recebeu mais de R$ 2,6 bilhões de investimento e tem um ciclo completo de produção. As atividades incluem desde a estamparia até os testes realizados em pista interna. Pintura e injeção de plásticos também são etapas realizadas pela fábrica, além da produção dos motores. A Nissan emprega mais de 2,5 mil pessoas em Resende. A produção ocorre em dois turnos.

"O complexo de Resende atingiu marcas importantes nestes cinco anos, o que demonstra que estamos consolidando nossa operação no Brasil”, afirma o presidente da Nissan do Brasil, Marco Silva.



Os modelos produzidos em Resende são enviados para oito mercados da região: Argentina, Bolívia, Chile, Costa Rica, Panamá, Peru, Paraguai e Uruguai. Com a inauguração, em 2018, da fábrica de picapes da Nissan em Córdoba, na Argentina, a planta de Resende começou a trabalhar de maneira integrada e buscando sinergias de boas práticas com a unidade do país vizinho.

Lá é produzida a picape Nissan Frontier. Durante a preparação do início de sua fabricação, vários funcionários de Resende foram enviados para Córdoba para contribuir com a equipe da Argentina. Juntas, elas representam os dois centros de produção da Nissan América Latina.

[ voltar ]