home not�cias an�lise quem � quem ABTV

acesse aqui a versão padrão

Marketing | 14/03/2019
Fiat patrocina seleção brasileira de futebol até 2022
A Fiat é a nova marca de veículos patrocinadora de todas as seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) até 2022, ano da próxima Copa do Mundo, no Catar. Em anúncio feito na quinta-feira, 14, a FCA (Fiat Chrysler Automobiles) fechou contrato com a entidade para nos próximos quatro anos colar a Fiat na imagem de todas as equipes nacionais, incluindo os times principais, olímpicos e de base, masculinos e femininos.

“Ambos, Fiat e CBF, representamos marcas globais. A Fiat nasceu na Itália, mas talvez seja a mais brasileira das fabricantes de automóveis, tamanha é sua identificação com o País. É um orgulho aliar nossa marca a um dos principais símbolos do Brasil, a mais vencedora seleção de futebol do mundo, que ganhou cinco Copas; infelizmente duas da Itália”, brincou o italiano Antonio Filosa, presidente da FCA América Latina.



A Fiat só não estará estampada nas camisas das seleções, mas aparecerá em todos os fundos preparados para entrevistas de seus técnicos e jogadores, colocará placas nos campos de treinamento e outras localidades por onde as seleções passarem. O vínculo cobre importantes competições internacionais, como a Copa do Mundo Feminina (França) em julho, Copa América Brasil 2019 em junho, Copa América de 2020, Jogos Olímpicos de Tóquio (Japão em 2020, e a Copa do Mundo de 2022 no Catar.

Diretor comercial e de marca da Fiat Brasil e América Latina, Herlander Zola afirma que várias ações já estão sendo preparadas ao longo dos próximos anos, incluindo o lançamento de versões caracterizadas. “Temos certeza que essa parceria trará excelentes resultados para a imagem da marca, será muito importante para aumentar a visibilidade da Fiat nos próximos anos”, avalia o executivo.

Esta é a terceira marca automobilística a patrocinar a seleção brasileira desde a Copa do Brasil em 2014, quando a Volkswagen foi a patrocinadora. No mundial seguinte o patrocínio foi da GM/Chevrolet. E para o próximo será a Fiat.

[ voltar ]