home not�cias an�lise quem � quem ABTV

acesse aqui a versão padrão

Carreira | 13/01/2012
Objetivos
Janeiro é o mês em que elaboramos a lista de objetivos para o ano. Funciona mais ou menos assim: O líder máximo faz os seus, passa-os aos seus subordinados, que os adaptam às suas realidades, até atingirem todos os níveis da organização. Recomenda-se que não sejam muitos, de preferência cinco, e que sejam específicos e mensuráveis. Devemos revê-los com a liderança, pelo menos uma vez no meio do ano e no final dele, para ajustá-los se for necessário e para conferir até onde chegamos. Deve haver espaço também para algo mais subjetivo, como aperfeiçoar alguma habilidade individual ou do grupo, com uma mudança pessoal ou organizacional. Está feito o mapa pessoal de cada profissional.

O resumo acima não contempla a discussão entre liderança e liderados sobre as divergências do que pode ou não ser atingido, os famosos “stretch objectives”. Assunto para outras oportunidades.

Sugiro a você, colega que trabalha arduamente na entrega desses resultados, fazer uma lista adicional. Para você, não para a empresa. Devem ficar na mesma pasta, pois sem ela você não alcançará o que pretende na outra. A minha é assim:

1. Viverei! Conservarei meu bom humor, respeitarei os sinais que meu corpo envia, dormirei as horas necessárias, descansarei o suficiente e farei check-ups médicos e exercícios. Não negligenciarei minha saúde nem agredirei meu corpo com estresse, cigarro, bebidas e comidas em excesso;

2. Minha família não sofrerá com minha ausência. Sem a família, nada vale a pena;

3. Meu trabalho é fonte de prazer e um meio para transformar meus sonhos e ideais em ações. Farei o melhor que puder, eticamente, respeitando a todos os colegas, sejam eles pares, líderes ou subordinados. Não omitirei minha opinião e assumirei riscos pois eles me fazem crescer pessoal e profissionalmente. Terei postura de aprendiz para todos os assuntos, pois só assim, evoluirei. Meu ego não é nada diante da cultura coletiva da organização;

4. Tratarei a todos colegas, clientes e fornecedores, com cortesia e educação, exatamente como gosto de ser tratado. Independentemente da minha posição, para que a organização tenha êxito, todas as pessoas são igualmente importantes, demandam atenção e respeito;

5. Para os assuntos transcendentes, peço-lhe Deus, saúde. Que ilumine meu caminho e o de meus queridos para que possamos trilhar em paz e harmonia, nosso destino.

Um excelente 2012 a todos nós. Um forte abraço!
[ voltar ]